sexta-feira, 10 de junho de 2011

Rugrats - Os Anjinhos


Título Original: Rugrats
País de Origem: Estados Unidos
Estúdio Responsável: Klasky Csupo / Nickelodeon Animation Studios
Criador: Arlene Klasky / Gabor Csupo / Paul Germain
Ano de Lançamento: 1991


O desenho infantil Rugrats (Os Anjinhos no Brasil; Os Meninos do Coro, em Portugal) foi feita para mostrar não só como as crianças se entendem, com uma língua que só eles sabem, assim como sua visão do mundo. Afinal de contas, quem nunca ouviu falar no aventureiro Tommy, no medroso Chuckie, na sádica e mimada Angelica e sua boneca Cynthia e nos gêmeos Lil e Phil?

O programa fez bastante sucesso pelo modo de abordar certas peraltices das crianças, como experimentar comer um pouco de terra, ter aversão a remédios e certas comidas, assim como não querer ir a algum lugar por medo ou pirraça. 

Também há a típica troca de letras e palavras sem sentido ou “neologismos”, coisas criadas por elas e que não possuem qualquer tipo de ligação com a realidade.

A série teve origem quando o Arlene Klasky e Gabor Csupo, juntos ao amigo Paul Germain, quiseram fazer um desenho que demonstrasse a inocência das crianças, e, ao mesmo tempo, demonstrar sua inteligência. Foi um sucesso desde seu piloto, ganhando vários prêmios, dentre eles, cinco Emmys. Os anos foram passando e, mesmo após a separação de seus criadores (Arlene e Gabor), o programa ainda possuía uma ótima reputação.

Tendo em vista o sucesso, 4 jogos foram lançados (Search For Reptar, Studio Tour, Rugrats In Paris –The Movie e Totally Angelica), sem falar em dois longa-metragens ( Rugrats O Filme e Rugrats Em Paris). Eles também participaram do filme dos Thornberries (outro desenho, este mais novo), o qual teve um lucro menor do que os anteriores.

Após todos esses anos de sucesso, a série foi encerrada em 2004. Porém, ainda existia a série dos Rugrats Crescidos (All Grown Up , título original), que teve sua produção encerrada em 2008, acabando, assim com um dos desenhos mais queridos das pessoas da minha época.

Eu, desde pequeno vivia assistindo a Nickelodeon, por que minha mãe nunca gostou muito da cartoon, devido a maioria dos desenhos ter lutas e tudo mais. Esse desenho, Rugrats, foi muito importante pra mim enquanto criança, por que pude entender certas coisas, ser mais amigável, porque eu era brigão no jardim de infância e várias outras coisas. Pra mim, ele é, de longe, o melhor desenho que representa o mundo infantil na década de 90, quando a pureza ainda existia.

Um comentário:

Patrícia Loupee disse...

Eu a principio achava esse desenho estranho, mas depois de algum tempo você começa a perceber as nuances, trocadilhos e piadas inocentes e começa a gostar.

Umma boa lembrança^^